Mostrar mensagens com a etiqueta Às nove no meu blogue. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta Às nove no meu blogue. Mostrar todas as mensagens

sábado, 22 de abril de 2017

Não compliques


Não lutes contigo mesma. se te faz feliz, deixa acontecer. se te faz bem, não compliques. não percas tempo a tentar adivinhar o que vai ser. é o agora que conta. é o ser feliz hoje que é mais importante do que ter a certeza absoluta que serás feliz para sempre.
acalma o teu coração, prepara-o para receber coisas boas. ouve-o quando te pede para acreditar que o que deu errado antes foi para receber o que vai dar certo agora.
respira fundo. abraça-te com força. larga todos os ses e todos os mas e vai ser feliz. tu mereces.
In Às nove no meu blog

terça-feira, 18 de abril de 2017

Que me tragas abraços para dar e receber


que me tragas pessoas a quem faço bem e pessoas que me fazem bem. que me tragas a sorte nas escolhas que fizer e serenidade nas escolhas que o caminho me trouxer. que me tragas lições em todos os lugares (em todas as pessoas) e que nunca, por nada, permitas que me esqueça dos pontos cardeais da vida: acredito, confio, aceito, mereço e agradeço.



In Às nove no meu blog

domingo, 18 de janeiro de 2015


Às vezes são absolutamente necessárias as pausas na velocidade dos dias para voltar a eles com mais afinco. Saber o que se quer fazer da vida é um bom ponto de partida. Saber o que e quem não se quer na nossa vida, define o resto. Delinear um plano e não baixar os braços até o concretizar define quem somos, com que fibra encaramos a vida e com quem atitude damos a volta aos dias menos bons. Simplificar, organizar, relativizar, acreditar que as coisas acontecem por uma razão certa, ainda que não a consigamos encontrar (dentro de nós) no momento exacto em que nos muda a vida e os planos, e não perder muito tempo a ignorar certezas, são tudo pequenas coisas que nos ajudam (deviam obrigar) a aproveitar, a saborear e a valorizar o agora e o tanto que a vida nos dá. É que mesmo apesar dos dias assim-assim, o mundo continua a girar no sentido certo. Por isso, o melhor é respirar fundo, encher o peito de ar e dizer em voz alta: siga a vida.
 * repetir para não esquecer

Via: Às nove no meu blogue