Mostrar mensagens com a etiqueta Mensagem Privada. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta Mensagem Privada. Mostrar todas as mensagens

quinta-feira, 22 de fevereiro de 2018

Há quem não entenda que isto é parte da minha vida, não a minha vida completa.


domingo, 11 de fevereiro de 2018

Quando a coisa aperta fico repetindo, mentalmente ou em voz alta, que está tudo bem, está tudo bem, está tudo bem.


Ainda não sei ao certo se isso funciona, mas proporciona alguma segurança. Nós sabemos que a mente é poderosa, bem como nossos pensamentos. Por falar neles, inúmeras vezes os danados nos pregam peças. Surgem na calada da noite e perturbam o sono, aparecem sem convite e vão entrando, invadindo a alma, o coração e desestruturando nossos sentimentos. Na vida, todo mundo quer ter o controle remoto para mudar o canal quando a programação está ruim, chata ou tensa. O problema é que não temos o controle de nada, nada mesmo. É inútil tentar dominar o amanhã, já que o coitado ainda nem chegou. Não existe hora marcada, as coisas mudam a cada segundo.

O meu maior sofrimento é não aceitar as coisas como elas são. Tudo é interrogação, mas eu insisto em querer uma garantia. Sei que apenas uma pequena parte depende de mim. Espera aí, será que é mesmo tão pequena assim? Se nós colhemos o que plantamos, uma parte imensa depende de mim (concorda?). São os actos de hoje que vão proporcionar um resultado positivo ou negativo amanhã ou depois. Por isso, procuro fazer o que posso. Mas tenho consciência que o que posso nem sempre é o melhor. E aí entro novamente num duelo sem fim comigo mesma: como assim não faço o melhor? Como assim não dou o que há de mais especial e incrível em mim? Quer saber? Não sei se me acho tão incrivelmente especial assim. Não aceito meus defeitos, duvido de algumas qualidades, volta e meia tropeço na minha auto estima que fica por aí, jogada em algum canto. Ela sofre, coitada. Sofre de abandono, é uma carente de afecto e colo. Acho que sou meio malvada com ela.

A verdade é que a auto estima não é minha best friend forever. Muitas vezes esqueço de convidá-la para eventos especiais, nem sempre a recebo com toda a atenção e delicadeza que ela merece. Erro feio com a coitada, que merecia tapete vermelho, espumante da melhor qualidade e uma massagem relaxante nos pés. Prometo tentar melhorar nesse ponto. E em vários outros, afinal, perfeição é uma palavra linda, mas só existe no dicionário.

Clarissa Corrêa

terça-feira, 30 de janeiro de 2018

Mensagem Privada


As pessoas são o que elas sãoNão podes torná-las melhores, nem podes torná-las piores. Não podes fazer nada por elas que elas não escolham primeiro. Podes é ajudá-las a escolher. Isso sim. E como ajudá-las a escolher? Escolhendo tu primeiro.Fazendo tu a tua escolha. Escolhendo a luz, mudando a tua frequência vibratória.
    Porque quando elas virem que tu mudaste, irão finalmente acreditar que é possível mudarE quando perceberem que é possível mudar, vão olhar para si próprias. E vão tentar mudar. E essa tentativa já é uma mudança, já é uma tremenda mudança. O facto de elas acreditarem que mudar é possível. 
  Percebes porque é tão importante mudares primeiro? E poderias dizer: «Mas mudar-me a mim próprio é mais difícil.» Claro que é. Por isso é que é tão importante. Se queres que uma pessoa faça uma determinada coisa, faz tu primeiroSe queres que uma pessoa aja de determinada maneira, age tu primeiro. Podem até elas não fazer o que tu querias, mas a tua mudança já começou. E isso é que é verdadeiramente importante.

quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

Falta um bocado de coisa neste mundo.


E sobra outro tanto. Falta bom senso. Falta verdade. Falta respeito. Falta vontade. Falta educação. Falta saúde. Falta amor. Falta sinceridade. Falta igualdade. Falta paixão pelas coisas e pelas pessoas. Sobra egoísmo. Sobra estupidez. Sobra crueldade. Sobra desonestidade. Sobra preguiça. Sobra falta de caráter. Sobra achar que o mundo inteiro tem culpa das suas pequenas derrotas.

Clarissa Corrêa

sábado, 7 de outubro de 2017

Ultimamente simplificar tem sido a palavra de ordem .


Eu quero simplicidade em tudo, no dia a dia, maquilhagem , beleza, roupas. Não me sinto com vontade de me preocupar demasiado com certas coisas.

quinta-feira, 7 de setembro de 2017

E tu, de que tens saudades?


Tenho saudades de marcar jantares com amigos e de eles aparecerem todos.
Tenho saudades de chegar de manhã a casa e ver o sol a nascer, de ter sininhos nos ouvidos e a mal sentir os pés por ter dançado a noite inteira.
Tenho saudades de me olhar no espelho sem ser para tentar descobrir algo de que goste.
Tenho saudades de me deitar ao sol numa toalha num jardim a ler um livro qualquer.
Tenho saudades de poder dizer o que sinto e quero sem ser levada a mal ou julgada por isso.
Tenho saudades de sentir saber que estou no rumo certo e que não me irei perder.
Tenho saudades de olhar para o relógio e achar que três da manhã é uma hora excelente para se estar acordado.
Tenho saudades de mim mais sonhadora, menos crítica, com vontade de mudar o mundo inteiro e de ter a certeza de que o conseguirei fazer.
Tenho saudades de me sentir valorizada por quem sou e pelo que sei fazer.
Tenho saudades até de quem não conheci, do que não disse e podia ter dito, do que não fiz e mais do que tudo, saudades do irrepetível e do que não pode ser voltado atrás.

quarta-feira, 19 de julho de 2017

Tudo passa.


Há tanta coisa que nós não compreendemos, que nunca iremos compreender. Existe tão mais para além daquilo que nós percepcionamos ou sequer imaginamos.
Muitos porquês irão perecer connosco. Questões como «porque é que isto me aconteceu a mim» ou «porque é que isto não aconteceu de todo» são inúteis.
Nada acontece por acaso. A vida não se engana. Na Natureza não há erros; tudo está desenhado e pensado na perfeição, inclusivamente o desenrolar das nossas vidas.
| Francisca Guimarães |

segunda-feira, 10 de julho de 2017

Mensagem Privada


Marta , eu sei que não é nada agradável chegar ao fim do dia e ter na caixa de email uns quantos comentários anónimos maldosos.
Eu sei que cansa e que nos dias em que estás mais sensível magoam mas lembra-te que são tudo visitas ao blog e isso reflecte-se nos ganhos . As visitas das galinhas anónimas ajudam a pagar as tuas viagens,por isso não te chateies muito com isso.